estruturas metálicas

"As estruturas metálicas são executadas com base em projectos externos, ou, como em muitos casos, de acordo com o projecto e dimensionamento próprio, consistindo, essencialmente, em optimização de custos e em redução de prazos de execução. "


Todas as ligações, quando possível, são aparafusadas com parafusos da classe 8.8 ou 10.9, possibilitando assim uma maior rapidez na montagem em obra, garantindo a correcta protecção anti-corrosiva, essencial para garantia da qualidade do produto.

Matéria-Prima

As matérias primas são acompanhadas dos respectivos certificados de conformidade onde constam os resultados dos ensaios realizados: composição química, propriedades mecânicas, dimensões, etc...

As peças são habitualmente em aço S275 (F2430) e S355 (Fe510), provenientes de fornecedores devidamente seleccionados e aprovados pelo nosso departamento de qualidade.

Protecção e Acabamentos

A protecção Anti-Corrosiva e Tratamento superficial

A protecção anti-corrosiva a aplicar às estruturas metálicas é definida, atempadamente, em projecto, em função da agressividade do meio onde o edifício será implantado.
O esquema de tratamento e acabamento será previsto para corresponder aos diversos ambientes e longevidade necessária.



Protecção Passiva ao Fogo
A definição de esquemas de pintura para a protecção passiva ao fogo varia em função das exigências regulamentares de segurança contra incêndios, no qual se define a estabilidade ao fogo pretendida (R30, R60 ou R90), da massividade das estruturas metálicas a proteger e da temperatura crítica (ou colapso) da estrutura (a definir pelo projectista). A massividade (ou factor de forma) relaciona a área a pintar e o volume de aço da estrutura.

Cores
As cores utilizadas nos acabamentos finais, em tintas acrílicas ou em poliuretano, serão as pretendidas pelo cliente, de acordo com a carta RAL disponível.

Fabrico
Os materiais utilizados nas estruturas metálicas são sujeitos a operações de medição, corte, furacão, punçonagem e marcação, em linhas automáticas, integradas por meio de sistemas transportadores. Estes equipamentos são programados directamente a partir da sala de projecto, com a qual estão ligados, minimizando a possibilidade de erro humano e assegurando uma elevada fiabilidade e rigor dimensional.
VANTAGENS NO USO DO AÇO
- Liberdade no projecto de Arquitectura
- Possibilidade de construir maior área útil
- Flexibilidade em adaptações, ampliações, reformas e mudança de ocupação de edifícios
- Compatibilidade com outros materiais
- Menor prazo de execução das obras
- Menor carga nas fundações
- Garantia de qualidade
- Precisão construtiva, sendo a unidade de medida utilizada em mm,  garantindo estruturas niveladas e aprumadas
- Reciclabilidade e preservação do meio ambiente. O aço é 100% reciclável e as estruturas podem ser desmontadas e reaproveitadas.

by onetofour